NOTA DE ESCLARECIMENTO

Últimas Notícias

Nos últimos dias alguns “meios de comunicação”, uns inclusive sem a devida identificação de seus responsáveis editoriais, vêm repercutindo “matérias” sem fundamentos técnicos relacionados às despesas da Câmara Municipal de Esperantinópolis, e de forma pessoal ao presidente da instituição, vereador Gilsomar Soares Vieira.
Todas as despesas da Câmara Municipal de Esperantinópolis seguem rigorosamente os trâmites impostos para suas contratações, respeitando a livre iniciativa das licitações legais, assegurada e aprovada pelos órgãos de controle e transparência.
A Carteira de Identificação dos vereadores é usual em todos os legislativos: municipais, estaduais e federais, não sendo utilizadas somente da Câmara Municipal de Esperantinópolis, e muito menos apenas da gestão do atual presidente, Gilson Vieira. Em relação aos demais itens: BOTON EM BRASÃO (50), BOTON EM METAL DA CAMARÁ MUNICIPAL DE ESPERANTINÓPOLIS (56), KIT AGENDA PERSONALIZADAS EM COURINO COM CANETA EM METAL (100), CARTEIRA EM COURO COM BRASÃO (02) CARTEIRA PORTA CARTÃO EM COURO (04), CHAVEIRO EM COURO COM BRASÃO (10) PASTA PARA DOCUMENTOS EM COURO (01), nenhum representa imoralidade ou ilegalidade administrativa, nem gasto acima do permitido. Outrossim alguns destes se destinam a homenagens a personalidades esperatinopenses. Cabendo ressaltar que quando efetuada a compra o Brasil não estava sob decreto referente à pandemia da Covid-19.
A Câmara Municipal de Esperantinópolis foi sim, toda reformada, ampliada e climatizada. (É crime?). Não. As salas de aula são climatizadas, o fórum, a prefeitura, os bancos, até mesmo alguns comércios, consultórios, hospital…porque só a Câmara não pode ter esse equipamento, que acomoda a todos, vereadores, servidores e o povo?
Sobre a internet, sabemos que a taxa básica no valor de 60 reais existe sim, porém não atende às demandas dos trabalhos da Casa Legislativa, que já conta inclusive com Biblioteca Pública com vasto acervo (adquiridos nesta gestão do presidente Gilson Vieira), e está sendo instalada plataforma digital com vários computadores para servir aos estudantes. O valor citado representa gastos com internet e equipamentos necessários para o bom funcionamento dos trabalhos. A Câmara Municipal de Esperantinópolis sempre contou com serviços de água, café e outros itens, servidos não apenas para os vereadores, mas aberto a quem visita a Casa Legislativa, diariamente, não infringindo assim as leis.
Portanto, senhores, a “politicanalhice” não pode chegar ao limite de expor as instituições desta forma, sem os devidos cuidados de apuração das informações, cabendo aos autores, as devidas punições cabíveis na Lei. No ímpeto de atingir ao presidente Gilson Vieira, que a propósito, vem recebendo de seus pares elogios quanto à sua postura democrática na condução dos trabalhos legislativos; das inovações que vem implementando nos trabalhos; na reforma e modernização da Câmara Municipal de Esperantinópolis, estão atingindo assim a honra de todos os 11 vereadores que compõem o quadro de representantes do povo esperantinopense.

Ademais, quem tem critérios para julgar e punir são os órgãos de controle, se assim encontrarem irregularidades, não “veículos de comunicação” criados ocasionalmente para denegrir a imagem dos vereadores, o que, por fim, se coloca em posicionamento contrário à primícias da imparcialidade de informação com responsabilidade.